Como comentado anteriormente, este post traz um exemplo prático e rápido para implementar a monitoração gráfica do Openfire.

Pré requisitos.

* Openfire funcional
* Plugin ServerInfo versão 0.2 ou superior
* MRTG
* Python
* Biblioteca python xmpppy

E por onde começar?

Para começar, baixe o script of_serverinfo_mrtg.py e coloque-o no diretório /usr/local/sbin. Edite-o, e altere o endereço do host, de acordo com seu cenário.

Baixe também o arquivo mrtg-of_serverinfo.cfg e coloque-o no diretório /etc. Edite-o e verifique se o WorkDir está adequado à seu ambiente.

Após, crie ou edite o cronjob mrtg (/etc/cron.d/mrtg), adicionando a seguinte linha ao final do mesmo:

*/5 * * * * root if [ -x /usr/bin/mrtg ] && [ -r /etc/mrtg-of_serverinfo.cfg ] && [ -d "$(grep '^[[:space:]]*[^#]*[[:space:]]*WorkDir' /etc/mrtg-of_serverinfo.cfg | awk '{ print $NF }')" ]; then mkdir -p /var/log/mrtg ; env LANG=C /usr/bin/mrtg /etc/mrtg-of_serverinfo.cfg 2>&1 | tee -a /var/log/mrtg/mrtg.log ; fi

Por fim, acesse o diretório configurado no parâmetro WorkDir e rode o seguinte comando:

 indexmaker --title="MRTG - Openfire" /etc/mrtg-of_serverinfo.cfg > index.html

Voilà, em breve os dados começarão a ser plotados.

openfire_mrtg

Até.

Assine o Mundo Open Source

Assine agora e receba novidades sobre XMPP e Asterisk em seu e-mail

Seu e-mail nunca será repassado, negociado ou vendido. Alé disso, você pode sair da lista a qualquer momento.

Monitorando o Openfire com MRTG e o plugin ServerInfo
Classificado como:                    
Social Media Integration Powered by Acurax Wordpress Theme Designers
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
%d blogueiros gostam disto: